Automação de Marketing até 10x mais eficientes.

Saiba o que são produtos digitais e como criar

Saiba o que sao produtos digitais e como criar por que investir como criar produtos digitais que vendem

Inscreva-se em Nossa News


Com o avanço do marketing digital, a maioria das empresas tende a investir nesse recurso como uma forma de vender seus produtos e serviços, mas além disso é importante perceber o potencial de vendas de produtos digitais e entender como eles são produzidos.

Esses tipos de produtos elaborados, pensados, desenvolvidos, distribuídos e consumidos unicamente no meio digital ganham cada vez mais relevância nos mais diversos segmentos e nichos de trabalho, gerando reconhecimento de marca e uma nova fonte de renda. 

Se qualifica como produto digital todo aquele conteúdo informacional e prático que é vendido e distribuído a partir do ambiente digital. Algumas estratégias de marketing ainda colocam como uma opção de distribuição gratuita de informação para geração de leads. 

Os produtos digitais podem ser criados por especialistas dos seus respectivos mercados ou por empresas de tecido de parede infantil, que além de apresentarem o seu produto, querem ressaltar a sua expertise e difundir informações sobre o seu trabalho na internet. 

Esse tipo de produtos vão desde os cada vez mais populares ebooks até cursos e ferramentas que podem ajudar os consumidores da sua empresa ou até outros profissionais da mesma área nas suas atividades e demandas do dia a dia.

Quem pensa em trabalhar com a vendas de produtos logo percebe a dor de cabeça que lidar com estoque, produção e insumos pode trazer, já os produtos digitais pulam todas as etapas, tornando-se um meio muito mais eficiente de gerar vendas sem muito custo. 

Não foram apenas as empresas que tiveram que se adaptar a esses novos formatos, os consumidores também passaram por um processo de entendimento do valor que esse material digital pode agregar ao seu cotidiano e às suas atividades profissionais, ou não. 

Hoje em dia, esse material se mostra extremamente valioso e, por isso, tem uma alta demanda de mercado. Muitos especialistas que são referências em seus mercados ou validados pelo público têm como uma renda extra um produto digital. 

O que são produtos digitais

Qualquer produto, seja digital ou não, tangível ou intangível, tem uma característica essencial: a sua capacidade de gerar valor e de ter esse valor percebido pelo seu comprador.

É essa definição que permite que um curso higienização de estofados realizado por uma empresa especializada e disponibilizado nos meios digitais seja considerado produto digital e não serviço desse empreendimento. 

Logo, de partida, o primeiro benefício que faz os olhos dos gestores brilharem é a possibilidade de gerar uma nova fonte de vendas, mas, além disso, um produto digital bem desenvolvido pode ser uma garantia de renda passiva para a empresa. 

Isso porque as empresas que geram um produto digital não precisam estar constantemente produzindo e podem criar esse material para depois apenas investir em distribuição do conteúdo gerando um fluxo de vendas ao longo do tempo. 

Junto com as informações dos produtos digitais as empresas especializadas em manutenção de vaporizador capilar profissional podem apresentar um pouco mais sobre a sua marca, sua expertise e experiência, valorizando o seu branding para vendas futuras. 

Com tantas reduções de custo embutidas em seu formato, um produto digital pode ser um grande elemento para ser vendido como uma primeira compra de ticket médio baixo, para que o consumidor se convença da qualidade do trabalho e, assim, compre o seu produto. 

Uma empresa de móveis planejados pode oferecer, em seu perfil de redes sociais, um e-book com dicas de organização por um valor baixo, atraindo atenção para os seus produtos, para futuramente vender uma mesa de escritório planejada.

Com a evolução que o suporte das plataformas oferecem para as empresas que investem em produtos digitais, cada vez mais esse meio se torna mais viável e mais simples de criar um produto e distribuir de forma eficiente a partir do digital. 

Por que investir em produtos digitais?

Vender pela internet se tornou essencial a muitas empresas que viram, no ambiente digital, uma oportunidade de dar eficiência para o escoamento de produção, que antes era apenas realizada em lojas físicas, com anúncios analógicos. 

Essa transformação, por meio da venda de produtos em um determinado setor, influenciou os próprios processos de produção, fazendo com que, com o passar do tempo, as empresas se concentrassem mais em ganhar velocidade e escalar no dia a dia de trabalho. 

A grande questão sobre qualquer produto físico é garantir o equilíbrio saudável entre custo de produção, qualidade, quantidade e preço. Quando um desses fatores precisa ser aumentado, todos os outros tendem a acompanhar, impedindo o ganho em escala. 

Já quando se fala de um produto digital, a história é um pouco diferente. Esses produtos não demandam uma produção constante. Todo seu investimento nesse sentido é feito no início do projeto e as etapas posteriores são apenas de distribuição e hospedagem. 

Com isso, é possível que uma empresa de banner fachada loja crie um produto digital e o venda por muito tempo, para muitos consumidores interessados e com um custo de manutenção praticamente simbólico, fazendo com que as vendas escalonem.

Mais do que uma nova oportunidade a ser explorada, os produtos digitais são uma tendência de mercado. Entre os segmentos mais variados, já é possível observar empresas que exploram esse produto como uma forma de garantir mais ganhos e fortalecer a marca. 

Mesmo já estando consolidada, essa forma de consumo ainda vai atrair muito mais olhares, e a previsão é que para os próximos anos o mercado se torne ainda maior, tanto para empresas especializadas nesse formato como em um modelo de produto secundário. 

Como criar produtos digitais que vendem 

O universo de produtos digitais se consolida cada vez mais como uma opção saudável, barata e eficiente para empresas que querem produzir materiais informativos, instrutivos e até de entretenimento sobre o seu nicho.

Isso, desse modo, faz com que as empresas possam ganhar uma renda extra e passiva, o que é benefício para o êxito nos negócios.

Se, antes, os empreendimentos como lojas de persiana romana linho que investiam em produtos digitais por si só já ganhavam um certo destaque e, assim, garantiam um volume de vendas, hoje entram em um novo mercado extremamente aquecido e competitivo. 

Isso significa dizer que não dá para cair de paraquedas querendo produzir um bom produto digital sem planejamento e, também, sem uma boa estratégia de distribuição desse conteúdo a curto e a longo prazo. 

É possível definir alguns passos que devem ser seguidos para o desenvolvimento de produtos digitais que tem o seu valor percebido e geram valor para os consumidores, entre eles se destacam os seguintes: 

  • Definição de um assunto relacionado ao nicho; 
  • Definição do formato do produto digital; 
  • Análise do público alvo do produto digital; 
  • Criação do produto digital; 
  • Escolha as plataformas e redes de distribuição mais eficientes;
  • Planejamento de marketing digital.

Por mais que nem todos os nichos e segmentos de mercado tenham se atentado ao valor dos produtos digitais nos dias de hoje, é possível afirmar que qualquer empreendimento pode desenvolver o seu produto digital baseado no seu foco principal no dia a dia. 

Uma empresa de bateria para barco por exemplo pode produzir conteúdos digitais sobre cuidados com barco, localidades da região para navegar, curso de troca e manutenção das baterias e outras diversas possibilidades existentes ao explorar os assuntos relacionados. 

Considerações finais

Quando as pessoas pensam em produtos, a primeira coisa que vem em mente é um material físico que pode ser levado de um lugar para o outro e que mesmo se comprado pela internet, deverá demorar um certo tempo até ser entregue. 

Isso pode até ser uma realidade eterna quando o assunto é uma grelha argentina sob medida, mas existem muitos produtos que podem ser convertidos para o mundo digital, reduzindo o seu custo e facilitando a entrega do material. 

Afora isso tudo, esse recurso é cada vez mais popular na área de produtos de informação, também conhecida como área de infoprodutos. 

Por exemplo, em vez de distribuir livros ou guias físicos, os criadores podem desenvolver e distribuir com muito mais eficiência arquivos digitais. 

Essa é uma adaptação do setor de marketing ao mundo da tecnologia. Apesar de exigir todo um aprendizado novo sobre como vender e produtos nesse formato, isso deve acontecer rapidamente assim como a percepção dos benefícios desse formato hoje em dia. 

Sem investir em impressão ou manufatura e frete, os gastos já se apresentam visivelmente menores. Em concorrência, por ser de rápida entrega e com um custo muito baixo, as vendas tendem a ser maiores e incorrerem também em menos custos. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

//Rede de parceiros
https://clubdoecommerce.com.br, https://bruno.art.br, https://brcriativus.com.br, https://workleads.com.br, https://poppediatria.com.br, https://dramariatereza.com.br, https://www.liderequipamento.com.br, https://sampaequipamentos.com.br, https://maqfreezer.com.br, https://freemalte.com, https://geladeirasecervejeiras.com.br, https://dmmrefrigeracao.com.br, https://ajaxs.com.br, https://mopesmake.com.br


Não achou o que procura? - Workleads

Não achou o que procura?

Pergunte para nossa equipe de especialistas, estamos prontos para lhe ajudar.

Fale com a nossa equipe Fale conosco