Sua loja pronta para vender em 5 dias

Saiba como aplicar o social commerce

vender mais aplicar tecnica rede social no e-commerce loja virtual


Desde o início dos anos 2000, o termo de marketing, derivado do comércio eletrônico social commerce, que, às vezes, é abreviado como S-commerce e traduzido para o português como “comércio social” ou “comércio conectado”, se estabeleceu gradualmente.

Inicialmente, as empresas individuais tentaram, principalmente, implementar objetivos de estratégia de marketing, como retenção de clientes e publicidade de produtos.

Desde então, a popularidade das redes sociais atingiu tal nível que até mesmo pequenas e médias empresas que vendem tela de proteção transparente podem usar as plataformas para vender produtos diretamente.

Em que consiste o social commerce?

Social commerce significa que entre o momento de inspiração em que o cliente sente o desejo de comprar e a loja em que a transação ocorre, as etapas intermediárias são canceladas.

Os clientes-alvo não precisarão mais navegar em sites, páginas do Facebook ou sair quando se deparam com uma imagem ou vídeo nas mídias sociais, eles podem comprar apenas permanecendo no aplicativo.

Se uma uma loja de banco plástico para jardim der a eles a capacidade de concluir compras com apenas alguns cliques, não correrá o risco de perdê-los “no caminho”, acabar em outros sites ou apenas continuar navegando pelo Facebook.

Essa abordagem faz parte de uma estratégia omnichannel, um método que consiste em atingir um potencial cliente de todas as formas possíveis, para clientes que desejam comprar a qualquer hora e em qualquer canal  e consiste em:

  • Participação ativa dos clientes por meio de comentários ou curtidas;
  • Envolvimento dos clientes na concepção, desenvolvimento, produção de serviços;
  • Relacionamentos pessoais e comunicação com os clientes entre si;
  • Relação pessoal e emocional do cliente com a marca.

O social commerce usa esses fatores para atingir vários objetivos, e a “conversa social” é usada em particular para chamar a atenção para marcas e produtos.

Saiba como ele funciona

As comunidades são construídas e nutridas em torno da marca e seus produtos, a fim de reter e aumentar o público-alvo a longo prazo.

Além disso, os clientes e as partes interessadas precisam receber informações básicas sobre o produto e os embaixadores da marca precisam ser atraídos por eventos e campanhas específicas.

Com a crescente importância das mídias sociais, um objetivo se tornou cada vez mais importante, a conversão. Ou seja, a seguinte pergunta: como transformar uma pessoa direcionada e interessada em um cliente que realmente compra um produto?

Se isso for entendido com frequência, se fala de uma alta taxa de conversão para qualquer produto e até serviço de copa, já que toda conversão depende da etapa e nível de consciência em que o público-alvo está.

Com as redes sociais cada vez mais diferenciadas, os métodos de marketing também evoluíram muito, acompanhando as tendências do usuário.

Assim, desde o sucesso do Instagram, uma única pessoa com quem os usuários estabeleceram uma relação de confiança, às vezes ao longo dos anos, tornou-se uma referência importante.

Não é incomum que esses influenciadores sejam tidos como ídolos. O clássico “fator disruptivo” da publicidade, que se impõe aos consumidores contra sua vontade, fica, assim, em grande parte em segundo plano.

As conversões podem ser alcançadas de uma maneira muito mais natural e, portanto, são muito mais prováveis quando feitas e influenciadas através dessas pessoas que têm contato mais sólido e constante com um determinado público.

Com tais estratégias, o social commerce pode aumentar significativamente a aceitação da publicidade e fortalecer o relacionamento com o produto.

A vontade de comprar, por exemplo, uma camiseta duas cores masculina também aumenta se uma pessoa ver aquele influenciador ou celebridade recomendando e usando o mesmo produto.

Dessa forma, a experiência de compra torna-se mais emocional através de um envolvimento eficaz e pode ser implementada de forma direta e indireta. Por exemplo, por meio de links de lojas.

No comércio conectado, uma relação de confiança é essencial para a decisão de compra, pois ele é construído em redes e mídias sociais através de um contato pessoal muito específico devido a prova social que é criada.

Prova social e a relação com o social commerce

A prova social também desempenha um papel importante. Os usuários contam com inteligência distribuída, também conhecida como inteligência de enxame: o que outros membros da comunidade compraram e consideram bom não pode ser ruim.

Se as pessoas apreciam um produto como uma cortina motorizada horizontal ou fazem julgamentos positivos em comentários e avaliações, é possível que outras sejam mais rapidamente convencidas da correção de nossa decisão e compramos em sã consciência.

Uma compra ruim, portanto, parece menos provável. Nos marketplaces, esse fenômeno psicológico e social da imitação é particularmente claro. Produtos mal avaliados estão mais abaixo nas listas de pesquisa e quase nunca são comprados.

Como aplicar o social commerce a um negócio?

Hoje, as pequenas e médias empresas contam com diferentes redes sociais para divulgar seus produtos e realizar vendas em nível técnico e operacional.

O objetivo é garantir que o cliente não precise migrar da rede social para o site, mas possa concluir o processo de compra no Instagram, Facebook, Pinterest ou outra rede social.

Porém, mais importante do que usar o social commerce para aumentar as vendas, é identificar em qual rede social seu público-alvo está e quais estratégias mais viáveis devem ser implementadas.

Cada rede social tem uma forma de interação e formas de anunciar, portanto, saber o que está fazendo é crucial para atingir resultados positivos.

Comércio social no Facebook

As empresas podem oferecer produtos diversos e até serviços de aluguel de endereço comercial diretamente no Facebook.

Em geral, basta começar com uma fanpage que serve como ponto de partida, na qual são colocadas imagens, gráficos, vídeos e textos. A interação direta com os clientes é possível, bem como a integração de botões de compra.

Anúncios dinâmicos são uma opção importante no campo das soluções específicas de s-commerce. Os anúncios dinâmicos podem ser modificados automaticamente para personalizar conteúdo e promoções especificamente para cada usuário.

O alcance potencial desses meios de publicidade é enorme, pois o Facebook é usado por aproximadamente 2,4 bilhões de usuários por mês em todo o mundo. Todas as atividades que constroem e apoiam a venda no Facebook envolvem uma boa estratégia.

Comércio social no Instagram

O Instagram, hoje, tem mais de um bilhão de usuários em todo o mundo. Tudo começou com fotos e clipes curtos no feed de notícias do Instagram.

Atualmente, também é possível fazer storytelling mais completo via Instagram Stories ou IGTV. Transmissões ao vivo de eventos especiais são, portanto, possíveis.

Os meios de publicidade mais populares são os anúncios em fotos, stories, anúncios de coleção, anúncios em vídeo ou anúncios de carrossel deslizantes. Uma especialidade é o marketing de influenciadores.

O Instagram é particularmente usado nas indústrias de moda e estilo de vida, seja entretenimento, vestuário, beleza, design ou alimentação, e já se provou muito útil em alavancar os resultados de diversos negócios.

Essa particularidade do Instagram permite que pequenos e médios negócios possam ter vantagens competitivas com as grandes indústrias.

Basta saber utilizar as estratégias corretas que até empresas que trabalham com envidraçamento de sacada king terão bons resultados em suas vendas além de fortalecer a marca.

Comércio social no Pinterest

O Pinterest, o lugar online para ilustrações e fotografias, já atingiu mais de 300 milhões de usuários em todo o mundo.

O Pinterest é especialmente bom para usuários que pesquisam produtos de acordo com interesses específicos como uma agenda masculina personalizada e consideram fazer uma compra.

De fato, o Pinterest frequentemente apresenta conteúdo muito estético sobre os temas de estilo de vida e moda. As imagens, chamadas de pins, podem ser vinculadas diretamente à loja.

O lançamento oficial do Pinterest Ads alavancou o marketing na rede e, desde então, diversos negócios tiraram proveito de pinos de carrossel e vídeo.

No mix de mídia social, o Pinterest funciona principalmente como provedor de tráfego e geralmente leva diretamente à loja online por meio de anúncios.

Comércio social no Twitter

Mais de 330 milhões de usuários ativos mensais em todo o mundo usam a rede social Twitter. A peculiaridade da plataforma é a notícia. O Twitter é interessante para empresas cujo público-alvo também evolui lá.

Estes incluem a mídia, fornecedores locais, empresas de serviços ou prestadores de serviços. Links para a loja online são muito comuns nesta rede.

A integração de vídeos que informam sobre campanhas e produtos, por exemplo, também é muito popular. Nem todas as empresas usam o Twitter para vendas diretas, mas muitos o usam principalmente para promover sua imagem apenas.

Porém, um negócio pode iniciar conversas sobre a marca e seus produtos por meio de tweets e hashtags e dessa forma, criar oportunidades para mais pessoas conhecerem e se interessarem pelo que vendem.

Considerações finais

Como estratégia de vendas baseada na Internet, o comércio social pode oferecer produtos e serviços parcialmente diferentes e com uma gama mais ampla.

Não é preciso ficar mais preso ao horário clássico de funcionamento das lojas físicas e também é possível se tornar mais ativo nos finais de semana por meio de campanhas de e-mail e nas redes sociais.

Esta nova flexibilidade pode ser utilizada para todas as áreas de atividade, tanto para Business-to-Business (B2B) quanto para Business-to-Consumer (B2C) e gerar bons resultados através do melhor uso das estratégias de social commerce.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

//Rede de parceiros
https://clubdoecommerce.com.br, https://bruno.art.br, https://brcriativus.com.br, https://workleads.com.br, https://poppediatria.com.br, https://dramariatereza.com.br, https://www.liderequipamento.com.br, https://sampaequipamentos.com.br, https://maqfreezer.com.br, https://freemalte.com, https://geladeirasecervejeiras.com.br, https://dmmrefrigeracao.com.br, https://ajaxs.com.br, https://mopesmake.com.br


Não achou o que procura? - Workleads

Não achou o que procura?

Pergunte para nossa equipe de especialistas, estamos prontos para lhe ajudar.

Fale com a nossa equipe Fale conosco