Sua loja pronta para vender em 5 dias

Qual a importância do blog para e-commerce?


O blog já se mostrou ser um canal muito importante para negócios dos mais variados segmentos, mas, para as plataformas e-commerce, ele é ainda mais eficiente, uma vez que essas empresas dependem da internet para sobreviver.

A partir de 2020, as plataformas de venda começaram a crescer consideravelmente, ao mesmo tempo, isso aumentou a concorrência entre elas e precisaram recorrer a outras estratégias para se destacar.

O consumidor moderno está cada vez mais exigente e ávido por informação, por isso, quando procura algum produto ou serviço na internet, quer saber muito mais do que preço.

As empresas já perceberam isso, por essa razão, o marketing de conteúdo se tornou uma das estratégias de marketing digital mais importantes da atualidade.

É por meio dele que a marca fala sobre assuntos do interesse de seu público e que estão relacionados com sua área de atuação. Além disso, é uma forma de se destacar e vencer um mercado cada vez mais competitivo.

Quem tem uma loja online precisa se atentar a esse fator, uma vez que depende exclusivamente dos canais digitais para impactar as pessoas.

Portanto, neste artigo, você vai entender um pouco mais sobre a importância do blog para o e-commerce e conferir algumas dicas para começá-lo.

Importância do blog para o e-commerce

O blog é importante por diversas razões, pois, a partir do momento em que a marca investe em produção de conteúdo, vai chamar a atenção das pessoas para a plataforma de vendas.

Porém, para funcionar dessa maneira, é fundamental investir em boas estratégias de SEO, sigla para Search Engine Optimization. Trata-se de um conjunto de otimizações que ajudam a página a aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa.

Por exemplo, um fabricante de cortina blecaute rolo sob medida publica novos conteúdos, adiciona novas páginas ao seu site e, com isso, estabelece uma relação positiva com os buscadores, como no caso do Google.

Periodicamente, eles verificam o site para classificá-lo melhor nos resultados de pesquisa, só que não basta escrever postagens sem uma periodicidade específica.

A estratégia de marketing de conteúdo é algo que precisa ser constante e por meio da criação de materiais que ajudem os leitores de alguma maneira, e isso vai trazer retornos positivos de médio e longo prazo.

As estratégias de marketing da plataforma e-commerce podem ajudar a atrair alguns visitantes para o site, só que, depois que eles são atraídos, é necessário continuar trabalhando com eles.

Se não houver um trabalho contínuo, eles simplesmente podem desaparecer. Para converter os clientes, o blog surge como uma ferramenta perfeita, pois destaca a marca e prova ser uma especialista nos produtos que vende.

Uma autoescola especializada em reabilitação cnh provisória deve investir em postagens sobre produtos recentes, entrevistar clientes satisfeitos ou até mesmo falar sobre soluções que ainda não foram lançadas.

Em linhas gerais, o canal precisa ser interessante, educativo, e mostrar autoridade do negócio em relação aos produtos que vende. Ofereça dicas para os leitores e entregue valor para eles, pois, assim, vão se interessar pelas soluções vendidas.

Uma plataforma e-commerce que ainda não tenha seu próprio blog pode prejudicar até mesmo suas estratégias nas redes sociais. Isso porque os conteúdos podem ser compartilhados nessas plataformas, atraindo uma quantidade maior de seguidores.

Não é necessário postar material educativo o tempo todo, visto que o importante é descobrir aquilo que a pessoa gosta de ler e o formato que prefere. Isso significa que a marca pode investir em diferentes tipos de publicações, como:

  • Textos;
  • Infográficos;
  • Vídeos;
  • Whitepapers;
  • E-books.

Qualquer formato de material vai transmitir um pouco mais sobre a personalidade da empresa. Por meio do blog, o e-commerce consegue transmitir confiança e fazer com que seu público se conecte com ele.

Para potencializar ainda mais essa conexão, uma loja de locação light sheer deve oferecer para os visitantes a opção de comentar as postagens logo abaixo.

As pessoas vão se sentir mais incluídas e livres dentro do ambiente, sendo uma forma de obter ideias e sugestões para a publicações futuras.

A empresa não pode ter medo de comentários negativos e todos eles, independentemente de seu contexto, precisam ser respondidos de maneira clara e objetiva.

Para fazer isso, a marca será vista como respeitável e honesta, abrindo as possibilidades de aumentar a base de dados.

O propósito da maioria das organizações hoje em dia é atrair mais leads, e a partir do momento em que a loja virtual começa a postar conteúdo interessante e valioso, oferece razões para que as pessoas confiem nela.

Nesse sentido, garanta que todos possam assinar o feed utilizando o e-mail, uma vez que dessa forma todos conseguem se manter em dia com aquilo que é publicado, aumentando o número de leads.

Uma loja de bateria de 150 amperes para caminhão deve oferecer conteúdos de valor elevado, como no caso de um código de desconto que o cliente pode usar em suas próximas compras.

É uma forma de conquistar o consumidor e criar um laço com ele, mas garanta que não exista nenhum tipo de spam no e-mail de vendas, uma vez que esse tipo de conteúdo afasta o público e leva à desistência.

Por fim, o blog é importante para o e-commerce porque permite que a marca atinja níveis maiores. Toda empresa gostaria de impactar um público maior, mas isso só é possível a partir do momento em que as pessoas conhecem o site.

Os usuários gostam de materiais que possam ser compartilhados, e a melhor forma de fazer isso é criando conteúdos épicos para o blog do e-commerce. Ademais, é fundamental saber como começar essa plataforma.

Dicas de como começar um blog

Uma loja de móveis para sala planejada para apartamento pequeno pode começar seu blog corporativo por meio de alguns passos simples. São eles:

1. Escolher uma plataforma

A primeira coisa que você precisa fazer é escolher uma plataforma para o blog, e entre as opções mais populares estão WordPress, Blogger e Wix.

Utilizá-los é uma forma de fazer com que as postagens alcancem bons resultados nos buscadores, além de serem totalmente gratuitos.

2. Definir o domínio

O segundo passo é definir o endereço virtual do blog, que nada mais é do que o nome do site mais um complemento.

Para que o domínio seja personalizado, é necessário pagar uma quantia e existem diversos sites para registrá-lo. No caso do WordPress, o usuário pode adquirir um dos planos da plataforma e o pagamento da licença costuma ser anual.

Se a plataforma e-commerce já possui domínio próprio, pode criar um subdomínio para o blog, usando o nome da empresa.

3. Personalizar o canal

Uma loja virtual de sofá chaise longue 4 lugares deve visitar os templates disponíveis e ativar aquele que esteja mais de acordo com sua identidade visual.

Depois que o template é ativado, é totalmente possível personalizar os espaços, trocar as cores, dentre outras possibilidades. Se você optou pelo WordPress, basta acessar a opção “aparência” para ter acesso a várias opções de temas.

No Blogger, o usuário deve acessar o menu “tema” para personalizar a página e ver as opções de templates. Já na opção “layout” é possível reorganizar os blocos de informações.

Lembre-se de que é muito importante manter a identidade visual integrada com aquela usada no site virtual, aplicando o logotipo da marca e a mesma paleta de cores.

Um blog sobre micro franquias lucrativas deve usar apenas as categorias necessárias e utilizar termos que ajudam a agrupar o maior número possível de conteúdos.

4. Criar os conteúdos

A criação de conteúdos levanta algumas dúvidas, principalmente em relação ao tipo de material que deve ser desenvolvido.

Em primeiro lugar, a plataforma e-commerce precisa entender um pouco mais sobre seu funil de vendas para criar publicações voltadas para o topo, meio e fundo de funil.

As postagens de topo de funil são voltadas para clientes que ainda não conhecem o negócio, ao passo que os conteúdos para o meio do funil são desenvolvidos para quem já conhece a empresa, mas ainda não compraram.

Por fim, no fundo do funil de uma empresa de serviço de locução estão os clientes que estão se preparando para comprar.

Entender todas essas etapas é fundamental para que os materiais sejam realmente relevantes e atendam às necessidades dos visitantes.

Considerações finais

O blog é uma plataforma capaz de estabelecer e aprofundar o relacionamento entre o e-commerce e seu público. Ele também cria uma imagem positiva e aumenta a credibilidade da marca no mercado em que atua.

É fundamental criar um cronograma de postagens para que ele esteja sempre atualizado e abordar assuntos que sejam do interesse de seus clientes e potenciais clientes. Mesmo que a intenção não seja vender, ele ajuda a impulsionar as vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Não achou o que procura? - Workleads

Não achou o que procura?

Pergunte para nossa equipe de especialistas, estamos prontos para lhe ajudar.

Fale com a nossa equipe Fale conosco