Sua loja pronta para vender em 5 dias

3 Ferramentas para fazer seu e-commerce alavancar


Abrir um e-commerce acaba sendo vantajoso para muitas pessoas que querem empreender, mas não possuem muito capital para lojas físicas, bem como, condições para a contratação de funcionários, etc. 

Essas pessoas acabam encontrando condições mais facilitadas no ambiente online, lugar onde é possível encontrar um ambiente fértil para diversas empresas que encontram um sucesso enorme através desse trabalho online. 

Entretanto, mesmo a internet sendo um lugar propício para crescer e frutificar o seu negócio, ainda sim é preciso de estratégias e movimentos bem pensados para conseguir atingir seu público e dessa forma fidelizá-lo.

Portanto, é possível dizer que através de determinadas estratégias pode-se ter um maior controle de leads, questão muito importante para alcançar metas e objetivos de qualquer e-commerce. 

Leia a seguir algumas ferramentas que você pode utilizar no seu e-commerce para torná-lo maior, bem sucedido e ainda com um nome consolidado no mercado.

Diferenciando e-commerce x loja virtual x marketplace

Com o crescimento de e-commerces, lojas virtuais e marketplaces fica cada vez mais difícil de entender quais são as diferenças.

Antes de entender dicas sobre como melhorar seu e-commerce, confira as principais características de cada um e a diferença entre eles.

  1. E-commerce

O e-commerce é um negócio que se hospeda na internet e realiza uma série de atividades como por exemplo a gestão de estoque, financeira e logística. Por isso, vai muito além de um site ou portal de vendas. 

Dessa forma, para implementar esse tipo de negócio é necessário mais do que um comercial crm. Os recursos e as funcionalidades oferecidos são diversos e dependem do suporte escolhido.

  1. Loja virtual

A loja virtual, como o nome mesmo já diz, a loja virtual nada mais é do que um  site ou portal de vendas. Esse vai ser um canal de comercialização de itens, que pode ocorrer em uma plataforma, assim como em redes sociais e até mesmo através de e-mail marketing.

Uma questão importante é que normalmente a loja virtual pode ser inserida no e-commerce. Em suma, assim como o sistema para representante comercial grátis, uma loja virtual é um negócio considerado prático com um bom custo benefício.

  1. Marketplace

O marketplace é como uma loja virtual. Porém, sua principal diferença é que este não é próprio e utiliza uma plataforma pronta para oferecer seus produtos aos consumidores.

No mercado existem diversos exemplos de marketplaces que são bens sucedidos. Alguns deles são:

  • OLX;
  • Mercado Livre;
  • Bom Negócio;
  • Elo7.

A hospedagem online em marketplaces não costuma cobrar porcentagens peças vendas, logo acaba compensando para pequenos negócios.

Vantagens e desvantagens do e-commerce

Apesar de ser um empreendimento comum, fácil de abrir, sem muitas burocracias e estar no ambiente digital, assim como qualquer outro negócio, o e-commerce pode apresentar diversas vantagens e desvantagens. Leia a seguir alguns desses aspectos.

Entre as vantagens de aderir ao e-commerce está:

  • Flexibilidade de tempo;
  • Autonomia;
  • Redução de custos;
  • Escalabilidade das vendas.

Contudo, há poucas, mas também desvantagens:

  • Criação de estoque;
  • Concorrência elevada;
  • Realização de entregas.

Antes de mergulhar em qualquer tendência ou adaptar seu negócio, é necessário verificar se trará bons resultados a pequeno, médio e longo prazo.

Estratégias de Marketing

Uma vez que você decidiu abrir um e-commerce é necessário entender que é preciso investir em marketing. Isso porque, são as estratégias de marketing, como por exemplo, crm vendas, são essenciais para fazer com que o seu negócio cresça e alcance cada vez mais clientes. 

Portanto, confira a seguir algumas das principais ferramentas do marketing que podem ajudar a fazer com que o seu e-commerce alavanque de uma vez por todas. 

  1. CRM

O CRM, também conhecido como Customer Relationship Management (gestão de relacionamento com o cliente), nada mais é do que uma ferramenta que pode ser encontrada como crm grátis, que utiliza softwares para ler e analisar o perfil e comportamento do cliente. 

Através da captura desses dados e análises é possível tomar atitudes mais certeiras que podem te levar a fidelizar o seu cliente através da construção de um relacionamento com ele.

  1. Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta do maior navegador do mundo, que é gratuita e é disponibilizada para qualquer site. Como o nome mesmo já diz, essa plataforma serve para que seja possível analisar dados de tráfego, por exemplo, visualizações de páginas e etc. 

Essa é uma estratégia importante para que seu e-commerce possa se basear em informações sólidas sobre seu público para tomar decisões mais assertivas.

  1. Canva

Por último, mas não menos importante, é possível investir para que seu e-commerce abra uma conta no canal. Essa plataforma é muito interativa e fácil de usar. Ela serve para a criação de artes e designs de forma prática. 

Apesar de ter um plano pago, é possível usar muitos serviços da plataforma que são bons, eficientes e gratuitos. Através dela é possível fazer logos e peças publicitárias de forma fácil e prática, sem necessitar de um profissional designer, questão que pode ajudar, principalmente, quem está começando.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Markplan, site voltado 

para a veiculação de conteúdos relevantes sobre estratégias de negócios, pensados para abranger informações e novidades relacionadas aos maiores segmentos empresariais.


Não achou o que procura? - Workleads

Não achou o que procura?

Pergunte para nossa equipe de especialistas, estamos prontos para lhe ajudar.

Fale com a nossa equipe Fale conosco